Jaguariúna é palco do1º Fórum de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A cidade de Jaguariúna, a cerca de 120 quilômetros de São Paulo, sediou o 1º Fórum de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O encontro, mediado por Luciana Temer, do Instituto Liberta, teve um público formado por representantes de órgãos e entidades que atuam na proteção a crianças e adolescentes, como Conselhos Tutelares e CRAS (Centro de Referência em Assistência Social).

Segundo Luciana, o Brasil é o segundo país do mundo com mais casos de exploração sexual de meninos e meninas. Isso se deve, segundo ela, à precoce sexualização dessas crianças, fato que, infelizmente, é incentivado pela própria sociedade.

“Mudar esse quadro vergonhoso exige comprometimento, sobretudo daqueles que têm algum poder de decisão, motivo pelo qual parabenizo o prefeito Gustavo Reis pela iniciativa de promover esse necessário debate”, pontuou Luciana.

Representantes de órgãos e entidades que atuam na proteção a crianças e adolescentes estiveram presentes para discutir o tema, fundamental para desenhar novos caminhos para o enfrentamento do problema.

<VOLTAR