Projeto Tá Na Hora

Uma das principais estratégias para enfrentar a exploração sexual é a conscientização e a prevenção e esse é um movimento que deve começar com as crianças e os jovens.

Pensando nisso, o Instituto Liberta criou o Tá Na Hora, um programa de oficinas dedicadas aos jovens do Ensino Médio de Escolas Estaduais de São Paulo. De março a agosto estudantes de seis escolas do Estado realizarão uma imersão na temática da exploração sexual e receberão um desafio: criar e colocar em prática uma campanha de conscientização que impacte o maior número de pessoas na escola e em suas comunidades.

Ao longo do semestre, os estudantes serão provocados a refletir sobre as raízes da violência de gênero e da violência contra crianças e adolescentes, conhecer o cenário da exploração sexual no Brasil, imergir nas políticas públicas que buscam enfrentar esse problema, debater os avanços legais e os desafios ainda existentes no Brasil e no mundo, além de identificar as redes de proteção em seu território e compreender o que seus vizinhos, familiares, colegas e professores conhecem sobre o tema,.

A partir deste conhecimento, as turmas vivenciarão, na prática, os desafios da criação de um projeto de comunicação e experienciarão a busca por algumas perguntas:

Como construir um cronograma de projeto? Como administrar a verba? Como tomar decisões em grupo? Como atingir o público desejado? Como avaliar os resultados?

Teatro, música, vídeo, artes plásticas e redes sociais são algumas das possibilidades de criação. Muito além das oficinas, os mais de 300 estudantes impactos diretamente pelo programa serão multiplicadores do projeto: levando o conhecimento adquirido e a campanha criada para outras escolas, bairros e cidades.

Acompanhe o Tá Na Hora! Toda semana postaremos registros das oficinas no Face e no Instagram @InstitutoLiberta com a #tanahora.

Afinal, tá na hora de falar sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil.

<VOLTAR